Teatro Chaby Pinheiro

O projeto do então Teatro da Casa da Nazaré, da autoria de Ernesto Korrodi, foi aprovado a 28 de fevereiro de 1908. Com uma fachada harmoniosa, mas discreta no conjunto arquitetónico da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré, é no seu interior que se encontra o encanto particular deste espaço. Destaca-se toda a construção em madeira da plateia e galerias e a obra de pintura de Francisco Aires autor das belíssimas pinturas do teto e da tela de boca de cena.

O Teatro Chaby Pinheiro foi inaugurado com grande pompa e circunstância a 5 de fevereiro de 1926. Esteve presente para o ato, o ator Chaby Pinheiro, facto que agradou imenso aos nazarenos, e sendo as duas peças levadas a cena – ´Leão da Estrela´ e ´Conde Barão´ – da responsabilidade da Companhia com o mesmo nome.

Desde então, inúmeros atores célebres já passaram por este teatro sendo a presente programação diversificada passando por concertos, ciclos de exposições, conferências, colóquios e outros eventos.

 

O teatro sofreu a sua primeira grande recuperação em 1976, a cargo da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré e com o apoio da então Secretaria de Estado da Cultura (SEC). Mais tarde, em 1992, a SEC. concedeu o seu primeiro subsídio, e em 1993 iniciaram-se as obras de restauro e modernização dos equipamentos do teatro, permitindo que esta obra notável do início do século, continue de pé e contribuindo cada vez mais para o desenvolvimento cultural da Nazaré.

Confraria de Nossa Senhora da Nazaré © 2020







João Serra - Informática