cnsn
Contacto
Pesquisa

INSTITUIÇÃO
ACT. RELIGIOSA
ACT. SOCIAL
ACT. CULTURAL
FLORESTAL
SAÚDE
PATRIMÓNIO
LIGAÇÕES
NOVIDADES


instituto dos arquivos nacionais instituto dos arquivos nacionais
igreja católica de portugal igreja católica de portugal
patriarcado de lisboa patriarcado de lisboa
site do Hospital site do Hospital
Home > FLORESTAL > Histórico do Pinhal (Nª. Srª. da Nazaré)

Histórico do Pinhal (Nª. Srª. da Nazaré)

O Pinhal da Casa de Nossa Senhora da Nazaré é uma propriedade da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré, Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins lucrativos. A sua origem remonta a 1182, altura em que D. Fuas Roupinho, com conhecimento e aprovação de D. Afonso Henriques, doou a Nossa Senhora da Nazaré toda esta área. Esta propriedade estende-se ao longo de 673, 27 ha.

A vegetação predominante é maioritariamente constituída por Pinus pinaster (Pinheiro bravo), estando estes a revestir as Dunas primárias e secundárias existentes na propriedade.

Este pinhal é constituído por duas secções: A Secção de Abrigo e a Secção de Exploração.

A Secção de Abrigo é aquela que se encontra situada junto ao mar e protege dos ventos marítimos, povoações, campos de cultivo e restantes pinheiros situados mais a interior, ocupando uma área 134,09 ha.

A Secção de Exploração é constituída pelos pinheiros situados junto a terra e encontram-se protegidos pelos pinheiros da Secção de Abrigo. Esta secção ocupa uma área de 539,18 ha e é aqui que se faz a exploração, como o nome indica, do pinhal.

A propriedade está desde 1910 sujeita ao Regime Florestal parcial e está situada em Reserva Ecológica pelo PDM da Câmara Municipal da Nazaré.

 



« voltar  |  imprimir  |  topo
  ©2005-2007 CNSN - Todos os direitos reservadosTecnologia ínCentea